“A tardinha as coisas mudam sem parar e a gente fala muito por falar. Mas de repente, a gente sente que tudo sobrou num olhar… Penso infinitamente sem parar, a verdade é transparente no mirar. Da tua retina, minha menina, me diz como não te amar? Eu amo mais você do que eu.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: