uma declaraçãozinha

599621_388579581190087_32301765_n_large

 

E lá vem o final de semana fechando mais um mês desde que nossas vidas se uniram a um ano e oito meses. Para alguns é um tempo considerável, para outros é um pouco, para mim é como se te conhecesse a vida inteira. Todas as coisas que já contaste sobre tuas experiências, as tuas nostalgias, os teus tempos de agonia, as tuas decisões, os teus medos, as tuas vitórias, é como se de alguma forma, elas fossem materiais em minha vida. É como se eu pudesse ver tudo em minha mente através de tuas palavras.

É engraçado, pois quando lembro de como as coisas “aconteceram” pra nós, não consigo acreditar. Foi assim, de repente. Muitos e muitos anos em que nossas almas viviam por ai, se cruzando, dividindo – de longe – diversos gostos, cores e sons em comum, e hoje tão perto, tão junto, tão forte e tão verdadeiro. Qual a probabilidade de encontrarmos uma pessoa capaz de transformar nossos piores dias em dias de alegria? De boas lembranças? Qual a probabilidade de encontrarmos alguém tão parecido conosco e tão “feito” para nós?

Nos encontramos! E não consigo achar outra explicação a não ser que nossos pensamentos, firmes e fortes, em apenas querer dividir nossas vidas com alguém que valesse a pena, fez com que o Universo conspirasse a nosso favor. Se houve um dedo do destino, de um Deus, de algo superior, ou de uns goles a mais de vinho barato: não sei. No entanto, tenho certeza que tu és hoje a minha pessoa favorita do Universo (risos).

É aquilo que sempre te falo: Vejo tantos “casaizinhos” por ai, brigando a toa, forçando coisas, vivendo um emaranhado de mentiras e traições, de desculpas e pressão. VIMOS tantos casaizinhos se juntando e se separando nesse tempo que estamos juntos, que já perdi as contas. Então, olho pra nós, simples, sucintos, sinceros. Isso é outra coisa que não consigo compreender direito. Como duas pessoas, jovens, conseguem manter um relacionamento estável, sem ciúmes enlouquecidos, sem ficar naquele “vai e volta”, entre  tantas  outras coisas que destroem inúmeros relacionamentos por ai?

Olho pra nós e me sinto orgulhosa por toda essa lealdade que temos um para com o outro. Me sinto segura por saber que posso sentar contigo e conversar sobre qualquer assunto. Me sinto segura pois sei que qualquer problema que tiver em relação à você, qualquer insegurança boba que me surgir, posso olhar em teus olhos e falar a verdade, porque existe diálogo entre nós. Me sinto feliz pois sei que não é um sentimento bobo nem passageiro, e porque sei, cada vez mais, que o que temos é algo muito puro e concreto.

Não há palavras que possam descrever o que se passa em meu coração – e não só em meu coração como em todo o meu corpo – quando sei que te verei em poucas horas, quando te vejo, quando te aperto, quando sinto teu corpo ali, juntinho do meu, dividindo as melhores coisas que gosto de fazer, dividindo a minha vida e fazendo parte da tua. É tão bom e tão feliz, me transmite tanta paz que se torna inexplicável.

Quando olho pra ti, naqueles momentos em que você estranha e pergunta porque estou olhando, pode saber, que o que passa em minha cabeça é a certeza de que te quero comigo, que te quero muito, que nunca quis tanto ter um homem ao meu lado como quero ter você e que se depender de mim, te quero para todo o sempre.

Honestamente, me emocionei escrevendo isso e por isso sinto uma vergonha tão grande – que obviamente não deveria sentir – de você chegar a ler. Mas acho que isso deve ser normal, afinal, todos dizem que quando gostamos de verdade de alguém, que quando nos entregamos para alguém, é impossível não se sentir vulnerável. E você com certeza é meu ponto fraco, pelo tamanho do espaço que ocupa dentro de mim e pela importância a qual atribuo a tua pessoa em minha vida.

Só quero que saiba que estou contigo, pro que der e vier. Que vamos, juntos, enfrentar todas as batalhas que a vida nos impor e que, juntos, iremos vencer cada uma delas. E esta é mais uma certeza que tenho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: