Plena

Acabei de ver uma amiga postando “Palavra do dia: plenitude”. Disse para ela que a palavra do dia dela não era bem essa, pois não é todo dia que se tem dor de barriga no trabalho. (risos). Mas sem querer espalhar ao mundo as bobagens que vivemos diariamente naquele estágio [mais do que] fora do normal, quero é espalhar a paz de minha alma, para que todos os merecedores de tranquilidade se inundem de sentimentos bons, e que da mesma forma, aqueles que só conseguem ver o lado ruim de tudo, de todos e que só fazem o mal, tenham também um pouco de paz, para colocar seus pensamentos no lugar e mudar o rumo qual seguem suas vidas.

Preciso dizer que hoje me sinto plena. Houve um momento de muita bagunça e justo neste momento a peça que faltava em minha vida surgiu, e todos bem sabem ser esta peça o meu grande amor. Digo grande amor, pois nosso amor realmente é muito grande. Nasceu imprevisto, cresceu e hoje se fortalece a cada dia mais. Digo grande amor, pois foi forte o suficiente para permanecer tranquilo enquanto tudo encontrava seu perfeito encaixe. E tudo se encaixou, assim como tudo que acontece em nossas vidas tem o seu tempo e lugar.

Hoje me sinto plena por inúmero motivos. Sem esquecer é claro, dos motivos fundamentais que nos fazem colocar o sorriso no rosto e  encarar a vida, sendo eles a saúde, a coragem, a oportunidade de estudo, de trabalho, de viver de uma forma civilizada e de não tem a cabeça avoada a ponto de deixar de lado o que realmente importa, nossa essência, caráter e coração. Passados e agradecidos estes tantos motivos essenciais, tenho aqueles outros que enaltecem minha alma e me despertam o melhor de mim. Uma mãe maravilhosa, um irmão companheiro, novas pessoas a minha volta que estão se mostrando muito leais [e legais], assim como a minha amiga da plenitude e da dor de barriga (risos), meus animaizinhos de estimação, e óbvio, o meu grande amor, o meu branquelo. Ah, não posso esquecer também da luz que recaiu sobre mente ao encontrar o meu tema para a monografia. Enfim, um aglomerado de coisas boas e simples, que fazem de mim a pessoa mais feliz do mundo hoje.

Feliz por ter na minha família pessoas me apoiando e me ajudando a suportar os dias quase insuportáveis. Meus bichinhos amados, Fiona, Tobias e agora, o mais novo membro da família, o Jimmy (Batman) (risos), que sempre fazem com que eu perca as estribeiras e também tenha um riso solto pelas suas peripécias. As minhas amigas, tanto velhas como novas, que me racham a cara com seus comentários diários e me fazem ver que a vida não é tão difícil como parece ser em certos momentos. A família do meu namorado, que é simplesmente maravilhosa, queridos em quantia e um exemplo que, com certeza, irei seguir ao formar a minha família. E meu namorado, do qual nunca cansarei de falar, por ser sempre tão atencioso comigo, por aguentar firme meus dias de tormenta, por cuidar e se preocupar comigo e por estar sempre ao meu lado, dividindo os altos e baixos da vida, dividindo a cama pequena e os cobertores quentinhos.

Nem sei mais  o que eu queria escrever direito, mas precisava externar essa coisa boa que está batendo mim, isso que desejo a todas as pessoas mundo. Que todos possam se sentir assim em algum momento em suas vidas, e se possível por tanto tempo quanto estou sentindo. Que também se sintam completos e que aprendam a valorizar essas dádivas que são postas em nossas vidas e que muitos deixam passar sem agradecer.  Era isso…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: